segunda-feira, 7 de junho de 2010

Homem de Ferro 2

Como todo filme de super-heroi que se preze, "Homem de Ferro 2" aspira ser mais do que realmente é. E como a maioria deles, tropeça em suas próprias pretensões.

Ao contrário do primeiro, "Homem de Ferro 2" não está muito interessado em desenvolver uma trama e construir personagens para culminar em sequências de ação. Aqui, as correrias, tiros e explosões são precedidas de brincadeiras que deverão divertir apenas os iniciados.
Enquanto o primeiro filme trazia o prazer da descoberta, da apresentação, "Homem de Ferro 2" parece gerado por um programa de computador que esquece de incluir itens básicos como história empolgante, personagens interessantes e reviravoltas bem sacadas.

O fiapo de trama que serve para amarrar as pancadarias metálicas envolve uma rivalidade entre Tony Stark e seu concorrente, Justin Hammer (Rockwell), ambos empresários do setor bélico. Este pretende a todo custo criar uma espécie de Homem de Ferro genérico capaz de ser produzido em série para ser usado pelo governo dos Estados Unidos, como garantia da paz. O próprio governo, aliás, insiste que Stark entregue "sua arma" - embora o empresário/super-heroi negue que tenha uma arma.

Há também um vilão russo interpretado por Mickey Rourke, que quer se vingar de Stark, pois, segundo ele, sua família foi destruída pelo pai de Tony. Seja lá quem for, ele parece ser o único capaz de criar aparelhos à altura para bater de frente com o Homem de Ferro.

Já às personagens femininas não há muito a oferecer. Gwyneth Paltrow é, novamente, a secretária de Stark que, dessa vez, dá a ela a presidência de sua empresa. Scarlett Johansson é Natalie Rushman, uma assistente do departamento jurídico que, mais tarde, se revela um pouco mais do que isso.

Como puro entretenimento, "Homem de Ferro" deixa a desejar com seu ritmo cambaleante, humor fraco e a pouca novidade que traz em relação ao filme anterior - aquele sim bem mais divertido. No final das contas, a estrela do filme, o super-herói, nem tem chance de aparecer tanto em cena, e o que fica é apenas a fumaça da pancadaria.

Caros blogueiros, não tenho muito a dizer sobre o filme, somente que eu esperava mais (penso que a grande maioria também). Não escrevo com alegria, pois gostei muito do 1º (e adoro história em quadrinhos). Parece uma regra não declarada por incrível que pareça, o 2º nunca supera o seu antecessor. Tenho esperança que algum dia isso aconteça. Talvez mero devaneio, rsrs.

A impressão que tive foi que nosso “Iron Man” interpretado pelo querido Robert Downey Jr. ficou bobo, brincou demais e perdeu a noção da sua realidade, isto é, ele só consegue viver por conta da armadura, fruto de sua criação e ainda assim esbanja uma futilidade que não identifiquei no 1º filme. Mais parece uma figura debochada, amargurada com o pai (já falecido, mas que só é lembrado efetivamente no 2º).

Não posso esquecer do lendário Mickey Rourke (lembram de alguém assim? um boneco caricato, que tal!). De tanto botox e pancada que ele levou no rosto na época de “Lutador”, ficou daquele jeito. Diga-se de passagem, totalmente transformado (que pena), nos áureos tempos de “9 Semanas e Meia de Amor” ele estava perfeito, em todos os sentidos, claro que os anos passam mas não transformam um ser humano em algo sem explicação. Muito embora tenha cumprido sua missão – o sempre anti-herói malvado e com cara de quem quer matar alguém, rsrs (era essa sua intenção). De qualquer maneira, cumpriu seu papel.

Das queridas Gwyneth Paltrow e Scarlett Johansson, nada a dizer, até porque Gwyneth trabalhou no 1º e continua a mesma no segundo e a Scarlett passou como um vento (tirando sua expressão de brava, rsrs).

O filme não tem uma sequência que poderia ser lógica, enfim, foi mais um segundo episódio que em nada acrescentou. Escrevam, quem sabe eu consiga através de suas opiniões visualizar algum flash que perdi e escrever que estava enganada ou dormi em alguma parte do filme (não acontece, nunca).

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Iron Man 2 – Homem de Ferro 2
Gênero: Ação
Direção: Jon Favreau
Duração: 2h04
Ano de lançamento: 2010
Atores: Robert Downey Jr. Don Cheadle, Gwyneth Paltrow, Sam Rockwell, Scartett Jonhansson, Mickey Rourke, Samuel L. Jackson e Kate Mara.

Nenhum comentário: